Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Contratação de Serviços para Desestatização da LOTEX

Notícias

Contratação de Serviços para Desestatização da LOTEX

por publicado: 27/12/2016 16h23 última modificação: 27/12/2016 16h23

Mais uma etapa importante nas ações de desestatização da LOTEX foi alcançada na última sexta-feira, 22 de dezembro de 2016. O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), na condição de responsável operacional da desestatização, encerrou a fase de lances da concorrência para a contratação de prestação de serviços técnicos especializados necessários à execução do processo de privatização da LOTEX.

De acordo com o edital, estavam previstas as contratações de dois tipos de serviços via licitação (Serviço A e B).

O contratado para a realização do Serviço B será responsável pela análise do marco regulatório do setor, pela elaboração do Plano de Negócios e pela avaliação econômico-financeira da Caixa Instantânea S.A. e da LOTEX. O Serviço B também inclui a modelagem da privatização, a assessoria jurídica e outros serviços necessários ao processo de privatização, tais como o mapeamento de potenciais investidores e a realização de roadshows.

Para esse serviço, o valor global máximo para a licitação era de R$ 6,7 milhões, enquanto que a melhor proposta apresentada foi de R$ 4,2 milhões, o que representou uma economicidade de aproximadamente 38%. O ofertante para esse melhor lance foi um consórcio liderado pela Ernst & Young Assessoria Empresarial Ltda., tendo como parceiros a Moysés & Pires Sociedade de Advogados e a Zancan Advogados.

Já o Serviço “A” realizará uma segunda avaliação da Caixa Instantânea S.A. e da LOTEX, com o objetivo de garantir a independência da recomendação do preço mínimo de venda das ações e/ou o valor mínimo de outorga elaborada pelo Serviço B.

O valor global máximo estimado para o pregão do serviço “A” era R$ 1,5 milhão. A melhor proposta foi apresentada pela Baker Tilly Brasil Gestão Empresarial Ltda. que foi de R$ 190 mil, o que representou uma economicidade em torno de 87%.

Esse processo licitatório, assim, caminha para a sua conclusão com a assinatura dos contratos em janeiro de 2017, dentro do cronograma perseguido pelo BNDES, monitorado pela Secretaria de Acompanhamento Econômico (Seae), no intuito de concluir a desestatização da LOTEX até o final do ano de 2017.